Rosany Costa

Textos

 CARTA AO MEU PAI.


  Pai,

  Queria contigo falar, mas só posso escrever...
  Entretanto creio que de alguma maneira, em algum lugar, escutarás,  saberás!
  Hoje diante de uma tela  pus-me a rememorar momentos nossos...
  Ah meu pai!
  Saudade da minha infância rica, vivida com pai presente. Das batucadas ao redor da mesa, dos jantares musicais, das compras na feira, das idas ao açougue, onde me ensinaste a conhecer cortes de carne... Da cata as palavras no dicionário, da sede de saber que em mim semeaste! Dos nossos entendimentos entre olhares, dos nossos embates...
  Saudades de ti meu pai!
  Me ensinaste a pensar, questionar, ponderar. Vida vivida, vivenciada intensamente.
  Pai amigo, presente, mesmo parecendo distante. Sabias a hora exata de dar colo e também a de jogar à vida; na lucidez de que se aprende é vivendo.
  Contigo aprendi a sonhar e a lutar pelo que acredito. Que tudo é válido se contiver dignidade na intenção e que tudo tem um preço. Não entendia bem isso, na minha imaturidade, e tu, na tua sabedoria falavas: “a vida ensina quem estiver disposto a aprender”...
  Homem capaz de amar intensamente, efusivo em gestos e atitudes de carinho. Tão responsável que, capaz de abdicar quieto e morrer calado...
  Hoje sei o que sofreste e quando começaste a partir...
  Quando deixaste de sonhar meu pai!
  Quando optastes por nós e fingimos tudo estar bem, para o bem de todos, menos o teu...
  Não se escolhe pai, mas se fosse possível a escolha, te escolheria de novo e faríamos tudo igualzinho.
  Tenhas a certeza que tive o pai que queria ter, um professor de vida!   Acima de tudo gente, humano, imperfeito mas exemplo.
  Só uma coisa mudaria, te juro, eu te empurraria pra vida!
  Mais do que me dar à vida, me ensinaste a vivê-la e a como dela partir...
  Pai, um dia a gente se vê. 
  E se ainda não tiveres conhecimento do que escrevi, naquele nosso abraço, nas entrelinhas de um olhar, saberás que eu sempre soube e que entendi tua última lição: nesta vida ser feliz!

  © 2002
  Bn 379009

Rosany Costa
Enviado por Rosany Costa em 11/08/2007
Alterado em 04/06/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras